Descubra como é feita uma Porta corta fogo



As principais diferenças das portas corta fogo estão na sua classe, ou seja, o tempo de resistência ao fogo, classificados como P-30, P-60, P-90 e P-120. Essa classificação é feita segundo as normas da ABNT e cada porta contém o seu número de série e sua classe, numa etiqueta metálica, onde também devem estar as informações do fabricante, garantindo a rastreabilidade dos materiais com que foi construída.


Cada porta corta fogo também deve estar acompanhada de um Manual de Instruções, onde constam informações sobre dimensões e massas nominais, cuidados de transporte, de embalagem, de armazenamento, instalação, funcionamento e manutenção, além do tempo de garantia da mesma.


Em seu conjunto, a porta corta fogo é constituída por um batente, ou portal, em aço galvanizado; a folha da porta, totalmente fabricada em chapa de aço galvanizado, com núcleo isolante incombustível; a fechadura para travar e destravar, também em aço ou ferro fundido; e as dobradiças, que permitem sustentar e articular a porta, permitindo sua abertura e fechamento.


A porta corta fogo deve ser instalada por empresa credenciada junto ao Corpo de Bombeiros e seguir as determinações da entidade para que sejam atendidas as regras de combate a incêndio.




30 visualizações0 comentário