Análise de Risco em 3 passos



Otimização e processos de segurança nem sempre cabem na mesma frase. Geralmente, os procedimentos que integram o programa de Segurança do Trabalho são minuciosos e demandam total atenção dos profissionais responsáveis, afinal, estamos falando sobre a qualidade de vida e trabalho de diversos colaboradores. Mas você sabia que é possível fazer uma Análise de Risco em 3 passos? Entretanto, antes de começar os trabalhos, é importante entender o que é, de fato, esse procedimento. Segundo o INBEP, “a análise dos riscos é uma técnica ou ação que visa analisar e identificar riscos presentes nos ambientes de trabalho” e a ideia básica desse trabalho é, basicamente, identificar os riscos inerentes de cada atividade. Com diálogo, participação e cuidado, sua análise se torna eficiente, ainda que otimizada.

Quer saber como começar a fazer a sua agora? Então confira os nossos três passos!


Passo 1: Envolva todos os colaboradores

Para ter uma visão mais macro de possíveis acidentes, nada melhor do que perguntar sobre o assunto para quem, teoricamente, corre riscos, não é mesmo? Seja no DDS, ou em outros tipos de reuniões, perguntar para os colaboradores e envolver a diretoria para a identificação desses riscos é o primeiro passo para qualquer análise. Promova encontros, reuniões pontuais e converse com toda a equipe. O diálogo é o primeiro passo em diversos procedimentos de segurança – e com a análise não é diferente.

Passo 2: Registre acidentes ou outros pontos de atenção

São esses registros que poderão facilitar a vida do técnico que for designado a fazer essa análise de forma mais efetiva. Isso porque esse histórico apresentará dados que poderão ser convertidos em estudos preventivos e, consequentemente, diminuirá possíveis riscos no futuro.




Passo 3: Após conferência do registro, elabore medidas preventivas

Prevenção combina com proteção além da fonética e é por isso que apostar em Mapa de Risco é tão importante para o bom desenvolvimento dos funcionários e também da empresa.


Fonte: Falando de Proteção

11 visualizações0 comentário